Revista RioGourmet - O Guia Gastronômico da Cidade

Aguarde, carregando...

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca
Redação Rio Gourmet
Por: Redação Rio Gourmet
Dia 08/01/2020 13h19

Quer fugir do calor no Rio de Janeiro, mas não na praia? Conheça 5 cachoeiras encontradas na Cidade Maravilhosa!

Nem de praia vive a Cidade Maravilhosa. O litoral carioca é a salvação para moradores e turistas que costumam sofrer devido às altas temperaturas, que este ano já ultrapassaram a marca dos famosos 40 graus, várias vezes. Mas, há sempre aquela vontade de renovar e fugir dos lugares mais badalados. Felizmente, tanto quem está de viagem marcada para o Rio de Janeiro quanto quem mora na cidade tem a chance de recorrer a belíssimas cachoeiras para se refrescar.

Além da água gelada, estas quedas d’água ficam em meio ao verde e a cenários belíssimos. Para chegar até algumas delas, é preciso percorrer trilhas mata adentro, o que deixa tudo ainda mais convidativo.

Conheça esses cinco lugares incríveis:

Cachoeiras do Horto

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Na parte alta do Bairro do Jardim Botânico, fica uma reserva natural muito procurada por quem quer fugir do calor, mas não quer saber de praia. As cachoeiras mais famosas são Quebra e Chuveiro, pois são bem acessíveis e ficam bem próximas da estrada que corta a Floresta da Tijuca. No verão, o lugar fica lotado, mas consegue acolher a todos sem decepcionar. Tudo é bem sinalizado na região e, por isso, é possível aproveitar para percorrer as trilhas marcadas e descobrir novas surpresas ao longo do caminho.

Cachoeira do Mucuíba

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Em Vargem Grande, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, ficam diversas cachoeiras, que costumam atrair viajantes interessados não apenas em se refrescar em suas águas, como também percorrer trilhas em meio à mata. Neste cenário, um dos destaques é Macuíba, onde diversas cascatas acolhem o visitante. O rio abriga ainda três poços, que mais lembram piscinas naturais, perfeitas para quem quer se banhar. O caminho até lá pode facilmente ser percorrido, inclusive por quem não tem muita experiência. Para quem não conhece a região, a dica é contratar um guia, que vai transmitir as informações necessárias para um passeio agradável.

Cachoeira das Almas

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Uma das surpresas para quem decide percorrer as trilhas de dentro da Floresta da Tijuca, a Cachoeira das Almas encerra o passeio com um delicioso banho gelado. No Centro de Visitantes do Parque, será possível contratar tours guiados, para então explorar o interior da mata. A dica é levar roupa de banho e usar somente peças confortáveis, ideais para a caminhada. O percurso não apresenta muitas dificuldades para os visitantes, que não precisam se preocupar em ter muita experiência nesse tipo de atividade para participar do passeio.

Cachoeira dos Primatas

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Também dentro da Floresta da Tijuca, a cachoeira dos Primatas é o presente final de uma trilha curta, que sai da rua Sara Vilela, no Bairro Jardim Botânico. O trajeto exige pouco menos de uma hora de caminhada, atraindo principalmente os viajantes que querem apenas se aquecer, para depois percorrer outras trilhas mais difíceis. São duas quedas, sendo que da mais alta é possível avistar a Lagoa Rodrigo de Freitas. Além de se refrescar, portanto, o visitante consegue ter uma visão panorâmica da Cidade Maravilhosa.

Cachoeiras do Mendanha

Cachoeiras são opções para se refrescar do calor carioca

Mais um refúgio natural escondido na Zona Oeste do Rio de Janeiro, o Parque Estadual do Mendanha abriga três quedas d’água, que se formam ao longo do rio Guandu Sapê. A trilha para chegar até lá é íngreme, exigindo fôlego dos visitantes para encarar a subida – nada que exija muitos esforços, já que o declive não é tão grande. A caminhada é apenas uma das atividades realizadas dentro do parque, que pode ser explorado de diferentes formas. É possível se banhar e escorregar nas pedras das cachoeiras ali encontradas, bem como participar de exercícios como rapel e arborismo.

 

Veja também:

Confira mais artigos relacionados e obtenha ainda mais dicas do mundo gastronômico.