ESTUDO APONTA QUE SOBREPESO E OBESIDADE ELEVAM RISCO DE CÂNCER

ESTUDO APONTA QUE SOBREPESO E OBESIDADE ELEVAM RISCO DE CÂNCER

Relação excesso de peso e doenças já é conhecida. Diversos estudos apontam, entre outras soluções, a cirurgia bariátrica como excelente opção

 

 

O sobrepeso e a obesidade aumentam o risco de dez entre os vinte e dois principais tipos de câncer, de acordo com um estudo publicado recentemente pela Revista inglesa “The Lancet”, realizado com 5 milhões de pessoas, durante 7 anos, no Reino Unido.

Segundo o levantamento, entre as doenças que podem ser desencadeadas pelo excesso de peso, estão os tumores no útero, na vesícula e nos rins. O aumento de 5 kg/m2 no IMC de uma pessoa obesa consequentemente eleva o risco de câncer de útero em 62%, de vesícula em 31%, de rim em 25%, de colo de útero, 10% e de tireoide e leucemia em 9% para cada caso. Também foram registrados aumentos nos casos de câncer de fígado, colorretal, ovário e mama.

De acordo com o cirurgião bariátrico Guilherme Cotta, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, há vários mecanismos por trás do potencial da obesidade em deflagrar tantos tipos de câncer. Porém, quase todos têm como ponto de partida as células que, fora armazenar gordura, fabricam substâncias que regem o funcionamento do organismo. “Quando estão lotadas de gordura elas intensificam a produção de proteínas inflamatórias e de certos hormônios, como a leptina, que se espalham pela corrente sanguínea. Em excesso, eles promovem a multiplicação de células tumorais que, sem esse estímulo, talvez fossem eliminadas naturalmente”, diz.

Ainda de acordo com Cotta, essa relação já é conhecida há tempos pelos estudiosos e diversas outras pesquisas revelam que, entre outras, a cirurgia bariátrica aparece entre uma das soluções. “Ela auxilia tanto no combate à obesidade, como nas doenças associadas, por exemplo, hipertensão, diabetes tipo 2, apneia do sono e etc...”, diz.

Um recente estudo da Universidade da Califórnia (EUA) apontou que o risco de uma mulher ter câncer de útero diminui consideravelmente para margens entre 71% e 81%, com a cirurgia bariátrica. Ainda segundo Guilherme Cotta, o procedimento promove também a qualidade dos pacientes. “O benefício principal da cirurgia bariátrica, além da perda de peso, é proporcionar qualidade de vida aos pacientes, não só em termos de saúde, mas também na esfera social e psicológica”, finaliza Guilherme Cotta.  

Serviços:

Clínica Multidisciplinar Guilherme Cotta - Cirurgia Geral, Bariátrica e Videolaparoscopia

Telefone: (21) 3597-2866/ (21) 98187-8187/(21) 2527-2866/  (21) 2527-1574

Endereço: Rua Voluntários da Pátria, 445 - Sala 705 - Botafogo-RJ