Revista RioGourmet - O Guia Gastronômico da Cidade

Aguarde, carregando...

Turismo Gastrônomico na Itália: Uma viagem de sabor

Turismo Gastrônomico na Itália: Uma viagem de sabor
Redação Rio Gourmet
Por: Redação Rio Gourmet
Dia 12/08/2016 18h54

Está pensando em viajar para a Itália? Já pensou em participar de passeios exclusivos e aprender os segredos da culinária Italiana? Uma opção seria fazer uma viagem em forma de turismo gastronômico na Itália, é realmente um mergulho no sabor da gastronomia desse país. Conhecer a comida típica italiana é entender melhor a cultura de um povo.

A partir de um roteiro gastronômico fascinante pelas principais regiões italianas, você terá você oportunidade de conhecer o que na Itália é um verdadeiro patrimônio: sua culinária. Confira as vantagens de fazer as malas para um dos países mais extraordinários do planeta.

1. Roteiros gastronômico na região da Toscana

A região da Toscana na Itália possui um riquíssimo leque de opções indispensáveis ao seu roteiro gastronômico na Itália. Essa região italiana produz uma culinária simples, mas muito saborosa e tradicional, preparada com ingredientes frescos, como legumes, carnes nobres de porco, boi e cordeiro, além de azeites refinados. Seguir um roteiro gastronômico pela Toscana é realmente surpreendente, você pode visitar belas cidades, como Florença, ou a conhecida Firenze, o berço do renascimento, lá você não pode deixar de provar a bisteca fiorentina.

Conheça também o centro histórico da cidade de Siena, um patrimônio da humanidade que foi tombado pela UNESCO, faça uma pausa para o lanche e prove o célebre doce Castagnaccio, que como nome já diz, é feito a base de castanhas. Outras localidades indispensáveis ao visitante são preciosidades como as cidades de Pisa, Lucca, Montalcino, Pienza, Montepulciano e Arezzo.

Mas não para por aí, você pode se aventurar por lindas cidadezinhas rústicas como Volterra e San Gimignanoe, além de várias fazendas históricas onde você poderá experimentar os verdadeiros sabores da Toscana. E não podemos esquecer os emblemáticos vinhos italianos dessa região, como Brunello di Montalcino ou Chianti, produzido pelas uvas de Sangiovese.  Com todas essas opções, a região da Toscana se legitima como um dos locais mais memoráveis da Itália.

2. Roteiros Gastronômicos na região de Umbria

Bem ao centro da Itália, encontra-se a linda região de UmbriaComposta por diversos campos agrícolas e vilarejos em montanhas. Suas massas, queijos, azeites e vinhos fazem qualquer turista saborear das raízes da culinária italiana, tudo preparado com os ingredientes genuínos. Cidades como Assis, Spoleto, Todi, Gubbio e Orvieto são destinos indispensáveis na sua estadia em Umbria.

Vale a pena conhecer os deliciosos chocolates da cidade de Perugia, uma localidade muito jovem e super badalada graças à sua universidade. Aproveite para conhecer a cidade de Norcia e suas especialidades, salames e linguiças. Outras sugestões de pratos típicos italianos na região de Umbri são o Cinghiale, que seria o nosso Javali, Strozzapretti al tartuffo, prato de massa feito por um cogumelo característico, a massa Strangozzi di Spoleto.

3. Roteiros Gastronômico na região do Veneto

Com um estilos de vida e arquitetura singular, a região do Veneto destaca-se por ser um dos maiores pólos do turismo gastronômico na Itália e no mundo.  Esta terra se caracteriza pelos seus refinados vinhos produzidos com uvas selecionadas em localidades como Verona, Treviso, Friuli, dentre outras. Podemos ressaltar vinhos como Recioto Della Valpollicella, Prosecco  e deliciosos vinhos brancos doces.

Na região do Veneto a dica é se aventurar participando de passeios em cidades como Belluno, Vincenza, Padova e muitas outras que entram rota do turismo gastronômico. Indo ao Veneto, a parada obrigatória é a romântica cidade de Veneza. Esta que é a cidade mais conhecida da região, e se destaca por possuir canais, gôndolas guiadas por gondolieri cantores.  Além de seus canais, Veneza atrai visitantes do mundo inteiro por ser única, desenhada por vielas e ruas bem estreitas, completadas por uma arquitetura peculiar.

Quando você for a Veneza, experimente pratos típicos italianos dessa região como a Polenta  ou Spaghette Al Nero di Seppia*, o Carpaccio, prato originado na própria cidade e cujo nome foi uma homenagem ao pinto Vittore Carpaccio, e outras ricas e exóticas delícias do Veneto são à base de frutos de mar que resultam em pratos como risotos, sopas, e outros pratos deliciosos completados por peixes, lulas, sardinhas.

*Nero di Seppia – a Seppia é uma tipo de lula que carrega uma bolsa a qual contém um líquido escuro que vem usado em sua defesa contra predadores. Este líquido denomina-se Nero di Seppia, que na culinária é combinado com outros ingredientes originando pratos como polentas, risotos e massas, tudo resulta em um sabor maravilhoso.

Roteiro Gastronômico na Região do Lazio

O Lazio, conhecida na língua portuguesa como a região do Lácio, é onde se localiza o berço da civilização da Roma antiga e de toda a sociedade ocidental. Merecidamente apelidada de Cidade Eterna, Roma é um dos destinos turísticos mais visitados do mundo. Lá você poderá ver de perto locais históricos, obras de arte clássicas, uma arquitetura revolucionária, monumentos mundialmente famosos como o Coliseu, os Fóruns Imperiais e a Basílica de São Pedro no Vaticano, cidade-Estado da Igreja Católica.

Na região do Lazio, também é possível visitar locais como a Cidade Antiga de Mentana, parte do império romano e palco das batalhas Garibaldinas, ou Monterotondo, velha cidade onde pode-se usufruir do tradicionalismo italiano, Montecelio, cidade composta por uma arquitetura milenar.

Em Tivoli por exemplo, você pode visitar a Villa Adriana, patrimônio tombado pela UNESCO composto por diversas construções clássicas e altas expressões culturais da antiga Roma, que provocam uma verdadeira viagem no tempo, além de outras cidades como Rietti, Ostia, Gaeta e Viterbo. Roma é considerada uma cidade metrópole e todas essas cidadezinhas que citamos fazem parte da Província de Roma, ou seja, a área metropolitana de Roma, e todas essas localidades juntas compõem a região  do Lácio, ou Lazio como dizem os italianos.

Ao contrário do que muitos pensam, as influências dos romanos não estão restritas à política ou artes, sua culinária também é grandiosa; cada cidade que faz parte da região do Lazio difere-se em aspectos culinários, cada uma com as suas peculiaridades porém abrangendo a comida típica italiana em geral. E podemos citar muitas como o delicioso e tradicional queijo Pecorino (usado em um dos mais famosos pratos típicos de Roma, o Spaghetti a Cacio e Pepe), assim como a Porchetta di Aricia (um leitão inteiro e assado à italiana e famoso na cidade de Aricia) e também os Saltimboca, exóticos filés cozidos na chapa juntamente com presunto e temperado com vinho branco e sálvia.

E não para por aí, a comida típica romana é maravilhosa e muito variada com pratos únicos como Gnocchi alla Romana, Pizza alla Romana, Pasta all’arrabbiata (feita com cebola, tomate e pimentinha), Trippa alla Romana (se parece muito com a nossa e é feita com molho de tomate), Puntarelle (um tipo salada de chicória com anchovas), Alcachofra alla Giudia (do mesmo modo como faziam os judeus romanos), e muitas outras especialidades de dar água na boca.

Não podemos esquecer o Oléo de Oliva, de sabor muito refinado,  cuja cultivação da matéria prima e o modo de extração teve início com os romanos.

Fontana di Trevi, por exemplo, é um dos pontos turísticos de Roma principais e sem igual.  Indíspensável em seu roteiro gastronômico, por ser vizinhas a diversos restaurantes e ótimas sorveterias.  Em sua visita a Roma, não deixe de provar pratos originais simbólicos como as massas Bucatini à Amatriciana e Rigatoni ou pratos de carnes como Coda alla vaccinara. Diante de toda essa grandiosidade gastronômica, um curso de gastronomia em Roma pode ser uma experiência sem igual para você.

 

Veja também:

Confira mais artigos relacionados e obtenha ainda mais dicas do mundo gastronômico.